quinta-feira, 22 de março de 2012

Tchê Garotos!

Eu tenho a teoria que a música boa faz você esquecer o enquadramento em gêneros específicos, faz com que mesmo aqueles que não sejam fãs assíduos de determinado segmento musical veja nela alguma coisa de diferente! Claro que como uma coisa ligada ao gosto pessoal não se fará um consenso geral, mas as apresentações sempre serão válidas! Por isso hoje falaremos de um banda que nasceu das tradições do Rio Grande do Sul e se popularizou agregando ao vanerão toques mais dançantes, muita percussão com mistura de outros ritmos!

Ouça:


Mesclando e Criando Música!
Nascida em 1995 em Porto Alegre o grupo de garotos que inicialmente tocava em CTGs(Centro de Tradições Gauchas), veio com uma proposta inovadora, um som que ainda não existia, agregando a batida das músicas tradicionais gauchas, como a Vanera, com compassos dançantes que pudessem levar o estilo a se disseminar por todo o Brasil, e foi nessa toada que eles começaram seu projeto, saindo do tradicional tocado nos CTGs, transitando pelo Tchê Music e firmando-se com seu estilo próprio e único! A nova criação musical tocada pelo grupo foi rejeitada pelos conservadores que a encararam como uma afronta as tradições gaúchas proibindo a banda de tocar nos Centros e de usar a Pilcha (bota, bombacha e guaiaca), essa oposição ferrenha só serviu como incentivo para que eles buscassem se popularizar ainda mais!  A energia, bom humor, e mistura diferenciada fez com que os jovens os seguissem, e a censura que a banda recebia só fazia com que a juventude prestasse mais atenção neles! Tchê Garotos é uma miscelânea desde sua formação (3 gaúchos, 2 catarinenses, 1 paranaense, 1 paulista e 1 baiano) até o repertorio, provando que a tradição e as raízes são essenciais, mas que é na convergência que surgem as criações!


Sitehttp://www.tchegarotos.com.br                                                               Twitter@Tche_Garotos


O que é Vanera?

A Vanera se origina de um ritmo cubano chamado Hebanera, mas deste para a Vanera tocada nos fandangos(bailes gaúchos) ocorreram diversas mudanças desde a grafia do nome até o andamento acelerado da música para que fosse possível torna-la bailável! Ao longo de três décadas os grupos que tocam nos bailes gaúchos desenvolvem através de seus instrumentos típicos (acordeon, guitarra, baixo, bateria e pandeiro), ritmadas variadas para a Vanera que se tornou presença obrigatória em qualquer fandango!